Sala de espera: o que fazer para o paciente não ver o tempo passar

Compartilhe!!!

Sem dúvidas você sabe como é ruim ficar esperando na fila do caixa do supermercado, no trânsito, no aeroporto ou em uma fila de banco, provavelmente você já passou por alguns desses momentos de espera intermináveis e ficou entediado, impaciente e até aborrecido por isso, não é mesmo?  

 

Mas… e seus pacientes? Você já parou pra pensar quanto tempo em média você deixa eles esperando? E que além da espera por si só já ser ruim, alguns pacientes começam a pensar em um monte de serás…. “Será que vai doer?”, “Será que eu faço o tratamento”, “Será que eu devo fazer o tratamento agora”, “Será que vai ficar caro?”.   E ainda tem aqueles que tem pavor de dentista e do famoso barulhinho do “motorzinho”.

E sabe qual é o maior problema disso tudo? É que além de deixar o paciente aborrecido e entediado por ter que esperar, esse conjunto de pensamentos e sentimentos deixa seu paciente extremamente ansioso, e essa ansiedade pode influenciar diretamente tanto no fechamento do tratamento quanto no tratamento em si, pois com o aumento do estresse diminui também o limiar de dor do paciente.

Sei que a espera muitas vezes é inevitável, os horários diários são frequentemente influenciados por emergências ou mudanças no último minuto, quando os tratamentos se tornam mais complicados do que o previsto. Mas convenhamos, 20 minutos no máximo, não?

Bom, existem duas formas de minimizar esse tempo a primeira é através de um bom planejamento e controle do seu tempo de consulta pra cada um dos seus procedimentos. Já o segundo é deixar o ambiente mais aconchegante e informativo sobre tratamentos e novidades que possam beneficiar seu paciente, assim você vai conseguir ter um paciente mais calmo e já pré-disposto a aceitar o tratamento.


A primeira, que é uma das mais importantes no pré-atendimento, é o atendimento da sua secretária! Desde o agendamento da consulta pelo telefone, passando pela chegada do paciente e chegando até mesmo na saída dele. É extremamente importante que a sua secretária esteja atenta a ordem de chegada dos pacientes, seja receptiva, simpática, esteja sempre com o sorriso no rosto e principalmente gere conversas que gerem afinidade “Como passou a semana, Dona Maria?”, “E seu filho está bem?”, o paciente adora ser recebido com atenção e isso vai fazer com que ele se sinta confortável.


E a grande surpresa pra muitos é que uma sala de espera confortável não precisa obrigatoriamente ter móveis bonitos, sofisticados e de alto custo. A maior preocupação tem que ser com o ambiente e não apenas com os móveis.


Você precisa, além de ter uma boa secretária, de um ambiente aconchegante que convidam os pacientes a se sentarem e se sentirem praticamente em casa. Por isso, recursos caseiros, como plantas, iluminação quente e decoração de parede simples, mas atraente completam o ambiente. Um esquema de cores consistente que se harmoniza com os móveis cria um bom efeito e ajuda os pacientes a se prepararem mentalmente para o tratamento. A cor verde, por exemplo, desencadeia sentimentos de calma e segurança. Um amarelo suave dá a sala um clima ensolarado e positivo. Por outro lado, os tons vermelhos afetam negativamente os nervos e o pulso.


Um outro ponto importante é a música ambiente. De acordo com um estudo da Universidade de Montreal, pacientes que ouvem música antes de um tratamento odontológico têm menos hormônios do estresse do que aqueles que tomam medicamentos para se acalmar. Músicas de relaxamento na área de espera ajuda os pacientes a ganhar controle sobre sua ansiedade.


E pra completar esse ambiente aconchegante é muito importante que você ofereça alguma distração, e como comentei nada mais interessante do oferecer uma distração informativa e direcionada sobre os benefícios dos tratamentos que você oferece na sua clínica, nada de propagandas e descontos apenas conteúdo com os benefícios de cada um dos tratamentos que você oferece. Em formato de vídeos ou até mesmo em uma revista de produção própria, algo simples.

 

Ah, sim! Não esqueça do wifi, a internet hoje é o passatempo favorito de qualquer pessoa, e o melhor de tudo é que você pode usar o wifi a seu favor, como por exemplo, ao fazer login seu paciente faz automaticamente o check-in do seu consultório no Facebook e isso sem dúvidas ajuda a divulgar sem custo algum o seu consultório.

 

E por último, lembre-se de que muitos pais precisam levar seus filhos junto, por isso ofereça algo simples como desenhos pra colorir e outras atividades que ajudem a passar o tempo sem deixar os pais loucos na sua sala de espera (ou para impedir que as crianças destruam o consultório).

Dica de Ouro: é muito importante que você se organize pra deixar a seu paciente esperando menos tempo possível e em um ambiente agradável, pacientes se preparam mentalmente para o tratamento enquanto estão na sala de espera. Se eles se sentirem confortáveis e puderem passar o tempo de forma agradável, isso funcionará a seu favor, pois ajuda a criar mais afinidade com seu cliente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *