Pesquisa Realizada em Harvard Vira Livro E Mostra o Passo a Passo Comprovado Que Dentistas Estão Usando Para Aumentar Em Até 10 Vezes Seus Ganhos.

Ao se increver, você também irá receber e-mail de promoção/marketing da Odonto Branding

Liderança em Odontologia

A liderança ocorre quando um gestor, um dentista, consegue fazer com que seus funcionários (liderados) fazem a parte deles no trabalho, de forma correta, eficaz, dinâmica e, principalmente, com autonomia, sem precisar interromper o gestor o tempo todo, para conseguir o aval para tomar uma decisão ou fazer algo necessário ao bom funcionamento da clínica.

Nesse novo contexto de relacionamento de trabalho, não cabe mais a figura do chefe mandão, autoritário e que, pela pressão e medo, impõe ao seus funcionários métodos de trabalho e funções administrativas. O chefe mandão nunca será admirado por seus funcionários e, assim, jamais conseguirá liderar. Os funcionários farão o que foi “mandado” por imposição ou medo de demissão, jamais com “vontade de ver a clínica crescer, ver os clientes felizes”, na verdade, esse funcionário oprimido vai afastar seus clientes sempre que possível, de forma consciente ou não, pois vai deixar transparecer sua insatisfação.

No entanto, vamos ao que realmente importa: como ser um líder para minha equipe odontológica? O que posso ganhar com isso? E, finalmente, será que “eu” posso me tornar um líder?

A primeira coisa a fazer é ouvir seus liderados: como eles pensam? O que eles gostam na empresa e o que não gostam? Como a empresa poderia ajuda-los a desenvolver melhor a função de cada funcionário? Essas questões devem ser respondidas em um ambiente onde todos possam falar com liberdade e sem retaliações. Não é um espaço para “lavar roupa suja”, não é isso. É um espaço para que todos conversem, de forma democrática e respeitosa, sobre os entraves que impedem que a empresa cumpra sua missão.

Nesse novo ambiente de conversa idéias surgirão, algumas boas e algumas não tão boas, pelo menos naquele momento. Faça uma “filtragem” das ideias e comece a implementar aquilo que é possível, aquilo que está mais próximo. Com o passar do tempo (uma semana) faça nova reunião e avalie o que mudou, se foi bom ou não. Você vai perceber que seus funcionários estarão mais motivados e mais envolvidos com o resultado, com uma boa prestação de serviços. E é normal.

Na verdade, o que mais motiva um funcionário a trabalhar bem e querer melhorar é a sensação de que seu trabalho é útil, que é importante. Mas você somente vai conseguir fazê-lo enxergar isso de dentro para fora. Não adianta escrever em um cartaz “os funcionário são os pilares da clínica” se eles mesmos não se enxergam assim.

Toda vez que você gestor envolve seus subordinados no processo de decisão você faz com que eles se comprometam com o resultado. E eles vão trabalhar bem e melhor a cada dia, vão pensar e ter ideias de como melhorar os processos e, se você realmente seguir essas dicas e se comportar de forma humilde com seus funcionários, eles vão fazer questão de levar as ideias até você. Vão querer que sua clínica cresça mais e mais, pois, agora, eles se sentem parte dela. Eles se sentem importantes.

Pense nisso, converse com seus colegas sobre isso. A diferença entre ter uma equipe em que você possa confiar depende da forma como você direciona sua clínica. Não importa o tamanho dela, importa é que ela funcione e seja lucrativa, sem stress, sem constrangimentos. Se quiser saber mais acesse nossa área de cursos ou nosso canal do Youtube.

https://www.youtube.com/user/odontobranding

Um grande abraço.

Weder Carneiro

 

Weder Carneiro

Weder Carneiro é dentista pela Unesp - Araçatuba com pós graduação em Odontologia e Marketing, em cursos no Brasil e Estados Unidos. É fundador e/ou CEO de empresas no Brasil e EUA, atuando como gestor, consultor, autor de livros e professor internacional em empresas no Brasil e nos Estados Unidos.

Receba grátis dicas para sua clínica

Ao se increver, você também irá receber e-mail de promoção/marketing da Odonto Branding

Post Relacionados