Odontologia estética é um investimento que se paga

Compartilhe:

Em mais um ano difícil para a economia do país, é natural que também os dentistas tenham buscado todos os caminhos possíveis para cortar gastos. A nossa classe tem um problema adicional diante da crise, pois muitas pessoas abrem mão de idas ao dentista por considerarem – de forma imprudente – algo de menor importância. Apesar disso, sempre procuro uma perspectiva positiva diante de um cenário complicado. Que tal encarar a crise como oportunidade? Minha dica para você é a seguinte: odontologia estética é um investimento que se paga.

Compreendo ser natural que muitos dentistas fiquem reticentes em destinar seu dinheiro a novos equipamentos em um momento de orçamento apertado. Mas é justamente nesse período que alguns profissionais têm a chance de se destacar e conquistar novos clientes.

Odontologia estética, a chance de crescer na crise

Falar em “crescer na crise” parece conversa de economista sonhador, não é mesmo? Mas falo como dentista, não como um especialista em mercado financeiro. Na área odontológica, o que há de mais promissor na atualidade é exatamente a odontologia estética. Se eu fosse fazer um paralelo com o ramo dos investimentos, diria que se trata de uma ação cujo gráfico aponta para cima.

Claro que nem tudo são flores. Disponibilizar alguns procedimentos estéticos pode envolver um investimento inicial. Fato é que vale a pena destinar um montante a esse fim, pois há muitas chances de o dinheiro retornar com juros dentro de alguns meses.

Uma boa saída para quem não tem muito capital disponível é focar em uma especialidade que não exija a compra de um equipamento tão caro. Esse caminho, aliás, permite que você se posicione de maneira focada no mercado – uma saída interessante se considerarmos que nosso ramo está um pouco saturado. E a boa notícia é que odontologia estética dá retorno, com muito ou pouco investimento inicial.

 

Acredite na progressão geométrica

Imagine que você adquiriu um equipamento que poucos consultórios odontológicos possuem. Naturalmente, mais pacientes vão se interessar pelo seu consultório porque poderão realizar um procedimento específico com segurança e qualidade. Esse aumento da demanda pelos seus serviços permitirá, inclusive, um pequeno ajuste no valor cobrado por consultas e pelos diferentes procedimentos. Só aí você já terá um ganho e começará a ver o retorno sobre o investimento feito nos equipamentos.

Muitos novos clientes e a possibilidade de cobrar um pouco mais por consulta já são dois fatores que impactam positivamente seu faturamento. Mas o chamado “pulo do gato” está no potencial de crescimento no médio prazo. Quando seu consultório passa a ter um diferencial, a informação vai se espalhar por intermédio dos próprios pacientes. Eles contarão a amigos e parentes que na sua clínica é possível realizar procedimentos complexos que trazem resultados estéticos de impacto.

O resultado disso? Novos clientes chegarão por meio daqueles pacientes que ficaram satisfeitos quando foram ao consultório pela primeira vez. Em outras palavras, quero dizer que o investimento em odontologia estética cria um ciclo virtuoso para o dentista. Por isso, encorajo você a abraçar esse segmento que tem crescido a passos largos. Uma fatia desse bolo pode ser sua!

>>> Saiba Mais Sobre Atração de Pacientes para HOF <<<

 

Deixe seu comentário:

 

Compartilhe:

 

Faça download gratuito do livro